Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Número 2 da Al-Qaeda faz ameaças a Obama

SÃO PAULO - O segundo na hierarquia da rede Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, dirigiu-se hoje ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama. Em mensagem gravada cuja autenticidade ainda não foi comprovada, Al-Zawahiri considerou Obama um escravo doméstico, uma referência depreciativa de que ele está a serviço da população branca.

Valor Online |

Para o número 2 da rede terrorista, a eleição de Obama não representa uma mudança de política dos Estados Unidos em relação ao mundo muçulmano.

A mensagem de áudio, acompanhada de fotos e alguns trechos de vídeo, foi colocada em páginas eletrônicas de militantes. Nos 11 minutos de gravação, Al-Zawahiri adverte Obama do fracasso se ele seguir os passos da administração George W. Bush para o Oriente Médio e Afeganistão.

Ele ainda acusou Obama de ter "traído suas raízes islâmicas" ao oferecer apoio a Israel. "Você (Obama) nasceu de um pai muçulmano, mas optou por unir-se aos inimigos dos muçulmanos", declarou Al-Zawahiri.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG