Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Novos temores sobre a demanda faz petróleo fechar em baixa

Os preços do petróleo voltaram a cair nesta quarta-feira em Nova York, em um mercado tranqüilizado depois da passagem do furacão Gustav, porém nervoso com novos temores sobre uma queda da demanda em conseqüência da desaceleração econômica.

AFP |

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em outubro encerrou o dia cotado a 109,35 dólares, uma queda de 36 centavos em relação a terça-feira.

Na Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, o barril do tipo Brent do mar do Norte com o mesmo vencimento perdeu 28 centavos, fechando a 108,06 dólares.

"O mercado concentra suas atenções na demanda mundial e na desaceleração das economias", explicou Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

O barril de cru perdeu mais de um quarto de seu valor depois do recorde alcançado no dia 11 de julho (147,27 dólares em Nova York), em meio a temores dos investidores de uma redução do consumo de energia como conseqüência da desaceleração da economia.

"Os investidores acham que o mercado estará bem abastecido nos próximos meses, e se tranqülizaram depois da passagem do Gustav", acrescentou o analista.

"Os operários estão voltando às plataformas", lembrou Lipow. "É o começo do processo: retornar às plataformas, garantir que não houve danos e retomar as atividades", precisó.

Em declarações com o objetivo de acalmar o mercado em relação ao abastecimento a curto prazo, o presidente George W. Bush disse nesta quarta-feira que irá liberar o petróleo das reservas estratégicas americanas "a pedido" das companhias petroleiras.

gmo/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG