Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Novo Skype: vídeos cada vez melhores

Novo Skype: vídeos cada vez melhores Por Filipe Serrano São Paulo, 11 (AE) - Ao contrário da maioria dos serviços online, cujas atualizações apostam na velocidade crescente da banda larga, a versão 4.0 do Skype conseguiu melhorar a qualidade de suas chamadas de voz e vídeo sem exigir altas velocidades de conexão.

Agência Estado |

Lançada na última terça-feira (3/2), após dois anos de desenvolvimento, é a atualização que trouxe mais novidades ao famoso programa de telefonia via internet, usado por mais de 405 milhões de pessoas no mundo.

O novo Skype, que pode ser baixado gratuitamente (www.skype.com), melhorou a forma de compressão de áudio com um novo codec proprietário chamado SILK, que reduz em 50% a necessidade de velocidade (banda). Além disso, as chamadas de áudio e vídeo têm menos perda de qualidade com as oscilações da rede graças ao constante ajuste da transmissão de áudio e vídeo às condições da conexão.

"Não queríamos que o programa consumisse mais banda para não afetar usuários que não têm internet rápida. Muitos usam o Skype por conexões discadas", disse ao Link Mike Bartlett, diretor de estratégia de produto do Skype.

As novidades fazem diferença na prática. Após baixar a nova versão, é fácil fazer ligações para usuários que também haviam atualizado o software e outros que usavam o anterior. Com o Skype 4.0 nas duas pontas da conversa, a acústica das vozes foi claramente melhor e não houve cortes no áudio.

As chamadas de vídeo se mostraram mais estáveis e consumiram menos banda, a ponto de ser possível conversar e ver o interlocutor mesmo com uma conexão discada, embora com baixa qualidade de imagem.

Já chamadas de vídeo de alta qualidade, que já podiam ser feitas desde a versão 3.8, também exigiram menos da conexão. Em nossos testes, mesmo utilizando uma banda larga de 1 megabit por segundo, considerada básica, o programa transmitiu vídeo de alta qualidade.

O problema é que, para realizar ligações de vídeo com boa resolução, é necessário ter um computador com processador dual-core e uma webcam poderosa. Segundo o Skype, a única câmera à venda no Brasil compatível com a chamada de alta definição é a QuickCam Pro 9000 da Logitech, que custa por volta de R$ 600.

NOVO VISUAL - Segundo Barlett, o novo visual da versão 4.0 resultou de uma reestruturação completa do programa. "Demos um passo atrás para entender como as pessoas se comunicam online atualmente. Era como se nunca tivéssemos visto as versões anteriores e precisássemos recriar o Skype do início."
As videochamadas ganharam destaque. Agora não é preciso iniciar uma conversa de voz e depois ligar o vídeo. Há um botão na janela de conversas para acioná-lo diretamente.

Além do visual padrão, com uma janela para a lista de contatos e outras independentes para cada uma das conversas, é possível juntar tudo em uma janela só. As chamadas em andamento ou recentes aparecem listadas em uma aba.

RUMORES - Na semana que antecedeu o lançamento do Skype 4.0, começaram rumores de que o eBay, que controla a empresa de telefonia via web, estaria interessado em vender o Skype e que o Google teria se interessado. Segundo Mike Bartlett, diretor de estratégia de de produtos do Skype, não há relação entre o lançamento da nova versão com os boatos.

"O Skype é uma companhia grande que dá muito lucro (US$ 145 milhões no 4º semestre)", disse. Os rumores surgiram depois de o eBay anunciar queda no lucro em 2008 e de seu chefe executivo John Donahoe ter dito que o Skype tem pouca "sinergia" com outros produtos da empresa. F.S.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG