O novo presidente da Usiminas já comandou gigantes da mineração e da siderurgia no Brasil. Wilson Nélio Brumer, 61 anos, trabalhou por 17 anos na Vale, onde ingressou como técnico de economia e finanças e chegou à presidência, no período de 1990 a 1992.

O novo presidente da Usiminas já comandou gigantes da mineração e da siderurgia no Brasil. Wilson Nélio Brumer, 61 anos, trabalhou por 17 anos na Vale, onde ingressou como técnico de economia e finanças e chegou à presidência, no período de 1990 a 1992. Na década passada, também presidiu a Acesita e a Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST). Entre 1998 e 2002 foi presidente do conselho de administração da BHP Billiton no Brasil e de 1997 a 1999 foi presidente do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS). Mais recentemente, Brumer ocupou o cargo de Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais entre 2003 e 2007. Era considerado o principal interlocutor do governo Aécio Neves (PSDB) com a iniciativa privada, sendo responsável principalmente por arregimentar investimentos para o Estado. No período, também presidiu os conselhos de administração da estatal de energia Cemig, de outras empresas estaduais e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.