SÃO PAULO - Refletindo o bom humor externo, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa a quarta-feira com forte valorização. Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa apontava alta de 2,76%, aos 39.

765 pontos, com giro financeiro em R$ 261 milhões.

O bom humor dos investidores foi impulsionado pela expectativa de um novo projeto de resgate para o setor financeiro norte-americano. Batizado de " bad bank " pela imprensa norte-americana, o plano buscaria a retirada de ativos podres das carteiras dos bancos. O plano atual, o TARP, tem outro viés, o de capitalizar as instituições via compra de ações pelo governo.

A notícia, que ainda precisa de confirmação oficial, movimenta as bolsas em todo o mundo. Na Europa, as instituições financeiras puxavam os ganhos em Londres, onde FTSE-100 subia 2,40%. Já em Frankfurt, o Xetra-DAX valorizava 3,82%.

Em Wall Street, o pregão ainda não começou, mas a indicação também é de ganho expressivo. A agenda do dia ainda reserva a reunião do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, que deve manter a taxa de juros entre zero e 0,25%.

No front corporativo, a fabricante de jatos Boeing fechou o quarto trimestre com prejuízo de US$ 56 milhões, ou US$ 0,08 por ação, contra ganho líquido de US$ 1,03 bilhão em igual período do ano passado. A companhia também divulgou previsão de lucro menor em 2009.

No setor de telecomunicações, a AT & T viu o ganho líquido cair 23% no quarto trimestre, para US$ 2,4 bilhões, ou US$ 0,41 por ação, abaixo do esperado.

No segmento financeiro, a Legg Manson perdeu US$ 1,49 bilhão, ou US$ 10,55 por ação, no seu terceiro trimestre fiscal. Os analistas esperavam perda de US$ 2,8 por ação.

O ambiente de menor aversão ao risco promove a venda de dólares. A moeda norte-americana perde valor ante o euro e a libra e também contra o real. Há pouco, a divisa era negociada a R$ 2,295 na venda, recuo de 1,5%. O patamar de R$ 2,30 não era rompido desde o dia 12 de janeiro.

Dentro do Ibovespa, os carros-chefe puxavam os ganhos. Petrobras PN aumentava 2,38%, a R$ 24,47. Vale PNA avançava 2,82%, a R$ 28,72.

Entre os bancos, Itaú PN subia 3,42%, a R$ 23,57, Bradesco PN tinha elevação de 3,32%, a R$ 21,43, e Banco do Brasil ON valorizava 2,92%, valendo R$ 14,77.

No setor siderúrgico, CSN ON tinha alta de 3,96%, a R$ 37,23, e Usiminas PNA aumentava 2,93%, a R$ 28,40.

Forte valorização para as construtoras. Gafisa ON registrava acréscimo de 8,22%, a R$ 11,05, e Cyrela ON subia 7,19%, a R$ 9,24. Rossi ON avançava 5,60%, a R$ 4,52.

Apenas 1 entre os 66 papéis do Ibovespa apresentava perda. Brasil Telecom Part ON recuava 0,53%, a R$ 59,56.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.