Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Novo pacote nos EUA pode chegar a US$ 600 bi, diz deputada democrata

WASHINGTON - A presidente da Câmara dos EUA, deputada Nancy Pelosi, disse que um segundo pacote de estímulo à economia poderia totalizar US$ 600 bilhões, dos quais um terço viria na forma de reduções dos impostos para a classe média. Segundo Pelosi (Partido Democrata/Califórnia), o tamanho do socorro ainda está sendo discutido entre as lideranças democratas no Congresso e a equipe do presidente eleito, Barack Obama.

Agência Estado |

Ela acrescentou que a cifra de US$ 600 bilhões foi recomendada por economistas como o mínimo necessário para que haja um impacto significativo na economia.

A deputada também disse que os detalhes do pacote deverão ser debatidos no Congresso em janeiro, antes da posse de Obama, no dia 20. Ela negou que o pacote em elaboração seja "um programa de obras públicas no estilo dos anos 1930".

Montadoras

Pelosi disse que o secretário do Tesouro, Henry Paulson, poderá ser obrigado a pedir a liberação da segunda tranche de US$ 350 bilhões do pacote de ajuda ao setor financeiro para financiar um plano de socorro à indústria automotiva. Segundo Pelosi (Partido Democrata/Califórnia), a liberação dos recursos pelo Congresso poderá ser necessária, dependendo do tamanho do pacote de socorro às montadoras que o governo Bush está preparando.

Ela ressalvou que o Congresso não permitirá que os recursos sejam liberados pelo Programa de Alívio para Ativos Problemáticos (Tarp, na sigla em inglês) sem que seja aprovada uma legislação adicional exigindo que o governo faça mais para ajudar os proprietários de casa própria que estão em dificuldades para evitar a execução de suas hipotecas e supervisione de modo mais duro as empresas do setor financeiro que estão recebendo ajuda.

Pelosi disse ainda que está trabalhando com o presidente do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, deputado Barney Frank (Partido Democrata/Massachusetts), na elaboração de um projeto de lei que muda os termos da aplicação do programa Tarp.

Sobre o pacote de ajuda às montadoras, a deputada disse esperar que a Casa Branca esteja elaborando seu plano com base no projeto que foi aprovado na Câmara na semana passada, e não o que acabou morrendo no Senado, pois este exigia uma renegociação dos contratos coletivos de trabalho entre as montadoras e os sindicatos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: eua

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG