Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nova comissária de Comércio da UE defende integração com Mercosul

Estrasburgo (França), 20 out (EFE) - A nova comissária européia de Comércio, Catherine Ashton, assegurou hoje que está disposta a dar um novo impulso político às negociações do acordo de associação da União Européia (UE) com o Mercosul. Quero ver que acontece com (as negociações da Rodada de Desenvolvimento de) Doha, mas, sem dúvida, é uma região na qual temos que nos estabilizar, afirmou Ashton em referência ao bloco formado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, e ao qual a Venezuela está em vias de adesão. Ashton, escolhida pelo Governo britânico para substituir Peter Mandelson na pasta européia de Comércio, compareceu hoje pela primeira vez perante o Parlamento Europeu (PE), que esta semana votará sua opinião sobre a nomeação. A nova comissária se comprometeu perante os eurodeputados a potenciar as relações com o Mercosul, mas, ao mesmo tempo, afirmou que é importante trabalhar país por país. Neste sentido, Ashton assegurou que a Europa deve respeitar a posição dos países latino-americanos que decidiram negociar os assuntos comerciais em bloco, pelo que disse que este será o ponto de partida. No entanto, afirmou que haverá ocasiões nas quais nada se possa fazer e nas quais o enfoque terá que ser duplo e paralelo, ou inclusive só limitado ao âmbito nacional. As negociações para um acordo de livre-comércio entre a UE e o Mercosul começaram em 1999 e estão praticamente bloqueadas desde 2004 pela divergência de interesses. A nova co...

EFE |

Ashton se defendeu lembrando que tem à sua disposição centenas de especialistas com experiência técnica e que ela tem capacidade para negociar em nome da UE. EFE mvs/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG