Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nova ajuda a bancos puxou bolsa nos EUA ontem

SÃO PAULO - Em pregão de forte volatilidade, as bolsas de Nova York se recuperaram no final dos negócios e fecharam em alta ontem. O humor foi conduzido em boa parte do dia pelo pessimismo com dados econômicos, mas os negócios também refletiram a expectativa de que o governo americano deve mais uma vez apoiar o setor bancário.

Valor Online |

Ontem à noite, o Senado liberou os US$ 350 bilhões para o setor que ainda restavam do pacote de ajuda de US$ 700 bilhões.

O Dow Jones fechou com alta de 0,15%, aos 8.212,5 pontos. O Standard & Poor´s 500 subiu 0,13%, para 843,7 pontos. O Nasdaq encerrou aos 1.511,8 pontos, com valorização de 1,49%.

Notícias de que o Bank of America precisa de ajuda financeira adicional devolveram o temor aos investidores, o que fez o Dow Jones cair abaixo de 8 mil pontos durante o pregão. Além disso, há desconforto em relação à possibilidade de o Citigroup continuar vendendo suas operações e ativos a fim de fazer caixa. As ações do Bank of America fecharam com perda de 18,43% (US$ 8,32); os papéis do Citi tombaram 15,45% (US$ 3,83).

Na Europa, a Bolsa de Londres caiu 1,42% no índice FTSE 100, ficando com 4.121,11 pontos; a Bolsa de Paris, o CAC caiu 1,84% para 2.995,88 pontos. Entre os bancos, o Deutsche Postbank caiu 18,7% e o Lloyds TSB 11,7%. Já o HSBC perdeu 7%.

(Valor Econômico )

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG