Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Noruega envia delegação à Islândia para discutir possível ajuda econômica

Copenhague, 22 out (EFE).- O Governo norueguês enviará hoje a Reykjavik uma delegação formada por funcionários dos Ministérios das Finanças, de Assuntos Exteriores, do escritório do primeiro-ministro e do Banco da Noruega para discutir uma possível ajuda econômica à Islândia.

EFE |

O objetivo da visita é obter informação em primeira mão sobre a situação da Islândia, o país mais atingido pela crise mundial até agora, e suas necessidades reais.

A ministra de Transportes e Comunicação norueguesa, Liv Signe Navarsete, disse hoje à rádio pública "NRK" que duas possíveis medidas seriam a concessão de um empréstimo e a ajuda de um grupo de especialistas.

Funcionários suecos acompanharão também a delegação norueguesa.

Os bancos centrais da Suécia, Noruega e Dinamarca aprovaram em maio um crédito extraordinário no valor de 1,5 bilhão de euros (US$ 2,3 bilhões) à autoridade monetária islandesa, o Sedlabanki, para fortalecer a moeda e estabilizar a economia.

O Sedlabanki utilizou esse acordo para tomar emprestados 400 milhões de euros dos bancos centrais dinamarquês e norueguês.

O primeiro-ministro dinamarquês, Anders Fogh Rasmussen, disse há uma semana que a Dinamarca e os outros países nórdicos apoiariam economicamente a Islândia, mas depois esclareceu que se referia ao crédito extraordinário de maio, sem descartar também iniciativas adicionais.

O jornal britânico "Financial Times" informou ontem que as autoridades islandesas estão finalizando um plano de resgate de US$ 6 bilhões liderado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e respaldado por vários bancos centrais, entre eles os dos países nórdicos e do Japão.

O mesmo jornal afirmou hoje que funcionários do Tesouro britânico estão preparando um plano para facilitar oferecer à Islândia para que possa devolver os depósitos que os poupadores do Reino Unido tinham em Icesave, a unidade eletrônica bancária do Landsbanki, o banco islandês que colapsou há algumas semanas.

Uma delegação do Tesouro britânico e do Banco da Inglaterra chegará a Reykjavik esta semana para finalizar os termos do empréstimo, segundo funcionários islandeses citados pelo jornal. EFE alc/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG