Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nortel entra com pedido de concordata nos EUA

SÃO PAULO - Em meio à queda nas vendas resultante da crise financeira global, a Nortel Networks, maior fabricante de equipamentos de telefonia da América do Norte, entrou hoje com pedido de proteção contra credores (Capítulo 11) na corte de falências do distrito de Delaware, nos Estados Unidos. Sediada em Toronto, no Canadá, a empresa tinha mais de US$ 1 bilhão em dívidas.

Valor Online |

A companhia informou que muitas afiliadas canadenses irão buscar ainda hoje entrar com pedidos de concordata.

"A expectativa é de que as operações diárias da companhia sigam normalmente, sem interrupções", informou a Nortel, em comunicado enviado por e-mail. "Esse processo (pedido de proteção) irá permitir à Nortel negociar definitivamente seus custos e dívidas, para efetivamente reestruturar suas operações e focar sua estratégia de forma oportuna e eficaz", completou a empresa.

A Nortel já perdeu quase US$ 7 bilhões desde que seu presidente, Mike Zafirovski, assumiu, em 2005, período em que vem lutando por recursos para manter as operações da companhia.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG