O grupo japonês de serviços financeiros Nomura Holdings pagou apenas dois dólares, simbólicos, pela compra das atividades de corretagem e banco de investimentos na Europa e Oriente Médio do Lehman Brothers, revela nesta sexta-feira o jornal financeiro Nikkei.

Este preço irrisório se explica pelo fato de que o Nomura não comprou as ações, obrigações ou qualquer outro ativo do Lehman, mas garantiu o emprego da maioria dos 2.500 funcionários nas atividades adquiridas, destaca o jornal.

Segundo o Nikkei, Nomura ganhou a disputa pelas atividades do Lehman porque propôs manter um maior número de funcionários empregados do que seus concorrentes, entre eles o banco britânico Barclays.

Nomura Holdings também comprou, por cerca de 225 milhões de dólares, a totalidade das atividades do Lehman na Ásia-Pacífico, garantindo os 3 mil funcionários do banco na região.

roc/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.