Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nokia vai fechar centro de pesquisa na Finlândia e cortar empregos

A Nokia, maior fabricante de telefones móveis do mundo, informou que vai fechar seu centro de pesquisa e desenvolvimento localizado em Jyvaskyla, Finlândia, que possui uma equipe de 320 funcionários. O grupo também reduzirá sua produção na fábrica de Salo, uma medida que envolverá dispensas temporárias de 20% a 30% dos 2,5 mil empregados da unidade.

Agência Estado |

A Nokia dará início a consultas com representantes dos trabalhadores sobre esses cortes e também sobre a eliminação de 60 empregos em funções de suporte global e de 30 posições em sua unidade New Business. A fabricante concentrará suas atividades de pesquisa e desenvolvimento na Finlândia nas unidades de Tampere, Oulu, Salo e na região metropolitana de Helsinque.

Quando anunciou seu balanço em 22 de janeiro, a empresa disse que tinha como objetivo cortar custos e que previa que os volumes de aparelhos móveis deverão cair cerca de 10% este ano em comparação com 2008. Um analista de Helsinque disse que os planos divulgados hoje estão em linha com os comunicados anteriores da companhia e são necessários por causa do enfraquecimento do mercado. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG