Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os analistas consultados pelo Banco Central (BC) reforçaram a previsão de que o Produto Interno Bruto (PIB) tenha expansão de 4,80% em 2008. Para o ano seguinte, contudo, aguardam crescimento de 3,73% em vez de 3,90%. Os números fazem parte do Boletim Focus, elaborado pela autoridade monetária e divulgado nesta segunda-feira.

Sobre o investimento estrangeiro direto, a estimativa é de ingresso de US$ 34,5 bilhões este ano, ligeiramente superior aos US$ 34 bilhões contemplados no relatório antecedente. Para 2009, foi mantida pela 13ª semana seguida a expectativa de entrada de US$ 30 bilhões.

Para a conta corrente, os analistas consultados pelo BC calculam déficit de US$ 25 bilhões em 2008 e de US$ 33 bilhões nos 12 meses à frente. No relatório antecedente, essas cifras eram negativas em US$ 24,9 bilhões e US$ 32,7 bilhões, na ordem.

O mercado financeiro espera superávit de US$ 23,10 bilhões na balança comercial neste ano, pouco mais do que o estimado no relatório passado (US$ 23 bilhões). Em 2009, a previsão foi conservada em superávit de US$ 15 bilhões pela quinta semana consecutiva.

Quanto à produção industrial, a perspectiva é de acréscimo de 5,39% em 2008 e de 4,40% nos 12 meses à frente.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.