Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nissan anuncia 3.500 demissões na Espanha, Japão e Estados Unidos

A montadora japonesa Nissan anunciou nesta sexta-feira que vai suprimir 3.500 empregos em fábricas da Espanha, Japão e Estados Unidos, ao apresentar resultados semestrais inferiores ao que estava previsto.

AFP |

 

Parte das demissões já havia sido anunciada, mas de maneira dispersa, pelo grupo durante as últimas semanas.

O vice-presidente do grupo, Joji Tagawa, afirmou em entrevista coletiva que antes do fim do ano serão suprimidos 2.500 postos de trabalho permanentes em Barcelona e nos Estados Unidos, assim como 1.000 empregos temporários no Japão.

A Nissan Motor, terceira maior montadora japonesa, anunciou nesta sexta-feira uma queda de 40,5% no lucro líquido no primeiro semestre de 2008-2009 e informou que o mesmo deve cair ainda mais, a 50%, no conjunto deste período, em conseqüência da crise no mercado americano e da valorização do iene.

A Nissan, que pertence em 44% à francesa Renault, registrou uma redução de 40,5% no lucro líquido anual entre abril e setembro, que foi de 126,3 bilhões de ienes (US$ 1,56 bilhão), informou a empresa em um comunicado.

Além disso, a Nissan prevê que o lucro líquido do exercício 2008/2009 deve cair mais da metade em comparação às previsões do fim de agosto (160 bilhões de ienes, US$ 1,6 bilhão, ao invés dos 340 bilhões de ienes estimados anteriormente).

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: demissões nissan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG