O primeiro grupo siderúrgico japonês Nippon Steel anunciou nesta quinta-feira um acordo de princípio para comprar 5,9% extras da brasileira Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais (Usiminas), o que eleva sua participaçao a 29,3% do capital.

Os 14,8 milhões de ações serão compradas da Vale do Rio do Doce, informou a Nippon Steel em um comunicado, sem precisar a quantia da transação.

A Nippon Steel, número dois mundial do aço, se converteu em 2006 no primeiro acionista da Usiminas com uma participaçao inicial de 12,7%, o lhe dá desde então controle da direção da sociedade.

A Usiminas, criada em 1958 em forma de empresa nipo-brasileira, é a 28ª fabricante mundial de aço. Em 2007, a Nippon Steel anunciou um plano de invesetimentos de 8,4 bilhões de dólares para desenvolver a Usiminas.

A Nippon Steel também anunciou nesta quinta uma queda de seu lucro líquido nos nove primeiros meses de 2008-2009 e reduziu suas previsões anuais porque a crise econômica provocou a qudada da demanda de anço nos setores automotivo e da construção.

Seu volume de negócios aumentou 9,2% a 3,83022 trilhões de ienes (31,9 bilhões de euros, 42,215 bilhões de dólares), mas seu lucro de exploração se contraiu 2,8%, a 396,48 bilhões.

roc/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.