O governo nomeou Nilberto Diniz Miranda para o cargo de ouvidor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O decreto foi publicado hoje no Diário Oficial da União.

Nilberto é assessor da Ouvidoria e passa a ocupar a vaga de Aristóteles dos Santos, que já esteve quatro anos no cargo e não pôde ser reconduzido. O mandato é de dois anos.

Miranda é ligado à ala sindical do PT e chegou a ser indicado pela Federação Interestadual dos Trabalhadores em Telecomunicações (Fittel) para assumir, em 2006, uma vaga de conselheiro da Anatel, mas não emplacou. Ele foi chefe de gabinete do conselheiro Plínio de Aguiar Júnio, em 2005, e assumiu um ano depois a Superintendência Executiva da Agência, quando Aguiar presidiu a Anatel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.