A gigante americana de material esportivo Nike anunciou nesta quarta-feira o cancelamento das encomendas a três fábricas de calçados na China e uma no Vietnã, em consequência da crise econômica mundial que obriga a empresa a reduzir a produção.

A companhia anunciou ainda, em um comunicado, o fim dos pedidos a uma série de fábricas de roupas que não tiveram as localizações reveladas.

"Isto faz parte de uma consolidação a longo prazo de nossa cadeia de fornecimento que começou em meados de 2007", afirmou à AFP Erin Dobson, porta-voz da empresa nos Estados Unidos.

"Não somos imunes à atual situação econômica mundial e por isto aceleramos nosso processo", completou.

A gigante tem 640 fábricas terceirizadas em todo o mundo, 72 delas somente de calçados. Estas empresas tem aproximadamente 800.000 funcionários.

A China é o principal país de produção da Nike para calçados, roupas e acessórios, seguido por Vietnã, Indonésia, Tailândia e Coreia do Sul.

A empresa também anunciou que pode cortar até 1.400 postos de trabalho, 4% de seus 35.000 funcionários.

wf/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.