Tamanho do texto

SÃO PAULO - O conglomerado de mídia News Corp, dono da Fox e do The Wall Street Journal, amargou prejuízo de US$ 6,4 bilhões no trimestre outubro-dezembro. O resultado se deve ao reconhecimento da depreciação de ativos nas unidades de televisão e de jornais.

Essa despesa contábil atingiu US$ 8,4 bilhões no trimestre. Não fosse esse fator, a companhia teria tido lucro de US$ 320 milhões. No mesmo intervalo de 2007, o ganho da News Corp foi de US$ 832 milhões.

" Nossos resultados trimestrais são reflexo direto do clima econômico sinistro " , afirmou, em nota, o presidente da News Corp, o magnata Rupert Murdoch. " Enquanto antecipávamos um enfraquecimento, a retração é mais severa e deve durar mais do que o estimado anteriormente. "
A receita do conglomerado caiu de US$ 8,6 bilhões para US$ 7,88 bilhões entre os trimestres de 2007 e 2008. O lucro operacional ajustado caiu 42% e somou US$ 818 milhões. Os piores desempenhos foram das divisões de cinema e televisão.

(Valor Online)