Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

New York Times" revela que Lehman Brothers mantinha empresa "alter ego

Nova York, 13 abr (EFE).- O Lehman Brothers, gigante do setor bancário que se declarou em quebra em setembro de 2008, utilizou uma pequena empresa de investimentos, a Hudson Castle, para canalizar bilhões de dólares antes do início da crise financeira, informou hoje o "New York Times".

EFE |

Nova York, 13 abr (EFE).- O Lehman Brothers, gigante do setor bancário que se declarou em quebra em setembro de 2008, utilizou uma pequena empresa de investimentos, a Hudson Castle, para canalizar bilhões de dólares antes do início da crise financeira, informou hoje o "New York Times". "Era como uma passagem escondida em Wall Street, um canal secreto para possibilitar que bilhões de dólares circulassem através do Lehman Brothers", publicou o jornal nova-iorquino. A empresa foi utilizada pela entidade bancária como seu "alter ego", disse um ex-funcionário do Lehman Brothers ao "New York Times". A Hudson Castle desempenhou "um papel crucial", informou o jornal, que entrevistou vários ex-funcionários do banco de investimentos e teve acesso a um documento interno. Segundo o "New York Times", essa relação gera novas questões sobre a verdadeira situação financeira do Lehman Brothers antes de declarar-se em quebra. "Durante anos o conselho de administração (da Hudson Castle) esteve controlado pela Lehman, que era proprietário de um quarto da empresa", na qual, além disso, trabalhavam ex-funcionários do banco, acrescenta o jornal. O "New York Times" afirmou que o banco de investimentos "nunca revelou" essa informação. EFE emm/pd
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG