Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Net paga 39% mais imposto e aguarda aval a reestruturação societária

A Net Serviços precisou pagar, no terceiro trimestre deste ano, um valor 39% maior com Imposto de Renda e Contribuição Social, comparativamente a igual intervalo de 2007. Foram desembolsados para esta finalidade R$ 40,904 milhões, considerando tributos correntes e diferidos, boa parte resultante do aumento no lucro operacional das subsidiárias da operadora.

Agência Estado |

Para tornar mais eficiente sua arrecadação tributária, a Net submeteu, meses atrás, pedido de reestruturação societária à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A idéia é colocar, dentro da estrutura da holding, as 80 subsidiárias da operadora. "Podemos fazer uma melhora substancial no pagamento de impostos", afirmou o executivo, em teleconferência.

O diretor-financeiro operadora, João Elek, não arrisca dizer quando o órgão regulador dará seu parecer sobre a proposta, ponderando que espera o resultado "para qualquer momento". Ele afirmou, contudo, que os últimos pedidos de informações à Net foram feitos entre julho e agosto, quando a Anatel procurou saber como a Net implementaria a mudança e que empresas seriam incorporadas primeiro. "Como cada uma das controladas carrega prejuízo ou ágio, não faríamos a incorporação de uma só vez, respeitaríamos um cronograma", explicou Elek.

Com a remodelação do quadro societário, a Net buscará aproveitar créditos fiscais de prejuízos passados que somam R$ 1,269 bilhão. Desse montante, R$ 891 milhões não foram eleitos junto ao Fisco e reconhecidos no balanço financeiro. Por isso, ainda não podem ser aproveitados.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG