A Net Serviços reestruturou sua oferta de TV por assinatura e lança hoje pacotes de programação adequados aos mais diferentes perfis de telespectadores. São cinco novas seleções - diversão, estilo, atualidade, família e total - que podem ser complementadas com canais de filmes.

As combinações de canais - cujos preços vão do mínimo de R$ 69,90 ao máximo de R$ 174,90, conforme a seleção contratada - são baseadas no perfil dos moradores das residências, como casais com e sem filhos, público jovem e independente, além de adultos maduros sem filhos. De acordo com diretor de Produtos e Serviços, Márcio Carvalho, pesquisas foram conduzidas para detectar as necessidades dos clientes conforme a fase da vida das pessoas.

A operadora também está colocando à venda novos pacotes de serviços combinando televisão fechada, banda larga e telefonia. De acordo com a empresa, estão disponíveis, agora, mais de 60 combos com o Net Vírtua, Net Fone via Embratel e as seleções de canais.

Embora negue que a oferta mais flexível e sob medida de canais seja uma medida para blindar a Net no caso de a crise global afetar o mercado nacional de consumo, o vice-presidente executivo de Marketing e Vendas da empresa, Eduardo Aspesi, afirmou à Agência Estado que o lançamento pode servir para este propósito. De acordo com ele, os pacotes estão sendo costurados com programadores desde o começo do ano e, por isso, não guardam relação com a crise.

Aspesi minimizou potenciais efeitos da crise financeira global nas vendas da Net. Segundo ele, o fato de assinaturas de canais fechados estarem restritas às classes A e B cria certa proteção à empresa. Ademais, conforme o executivo, em tempos de crise as pessoas saem menos, optando por se entreter dentro de casa. Quanto ao solavanco do dólar, que agora supera a marca de R$ 1,90, Aspesi diz que não afetará a procura por decodificadores de TV em alta definição, já que "a demanda tem sido muito superior à oferta". "Além disso, ao contrário do começo dos anos 2000, o custo de programação hoje está atrelado ao real."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.