SÃO PAULO (Reuters) - A NET Serviços de Comunicação, maior empresa de TV paga do país, começa nesta quarta-feira a testar o que chamou de quinta geração da banda larga, que permite conexões em uma velocidade de até 60 Megabits por segundo (Mbps), cinco vezes mais que a sua conexão mais rápida. A companhia vai testar uma tecnologia que mistura fibra óptica com cabos axiais e um novo cable modem, desenvolvido em parceria com a Cisco.

Até o momento, a velocidade mais alta oferecida pela NET era de 12 Mbps. No país, existem ofertas como de 20 Mbps, da GVT, e de 30 Mbps, da Telefônica em São Paulo.

A velocidade de 60 Mbps vai ser testada a partir desta quarta-feira somente para clientes da NET do bairro fluminense do Leblon.

Os assinantes que tiverem o pacote NET Combo HD Max poderão solicitar a migração sem custo para a nova velocidade por seis meses. A única exigência é que eles agendem uma visita técnica para trocar seu atual cable modem pelo modelo desenvolvido com a Cisco.

Com essa velocidade, a NET vai distribuir vídeos em alta definição entregues simultaneamente na tela da TV e do computador através de sua rede de cabos.

Segundo a companhia, outros bairros do Rio de Janeiro estão sendo preparados para testar a novidade até o final deste ano, de acordo com o decorrer dos testes no Leblon.

O lançamento comercial, entretanto, não deve ocorrer antes do final dos testes de seis meses, de acordo com informações da assessoria de imprensa.

(Texto de Taís Fuoco)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.