Tamanho do texto

Análises preliminares da direção da Net Serviços, que vem se dedicando à elaboração do orçamento para 2009, não apontam para uma forte desaceleração da procura por serviços de telecomunicações, destacou o diretor-financeiro operadora, João Elek. Ao contrário, observou o executivo, 2009 pode ser outro ano de crescimento expressivo.

Já o presidente da Net, José Félix, disse acreditar que, "independentemente da situação econômica do País, as pessoas continuam e continuarão demandando esse tipo de serviço".

Em teleconferência para analistas, os executivos preferiram não detalhar seus planos investimento e expectativas para o cenário econômico de 2009, dizendo que informações adicionais serão prestadas na apresentação formal do orçamento para o próximo calendário. Contudo, segundo Elek, se o crescimento projetado para 2009 se aproximar do verificado em 2008 "é bem provável que o Capex mantenha-se em linha" com o praticado no calendário corrente.

Para o exercício de 2008, o investimento em ativo permanente (Capex) deve ficar acima dos R$ 770 milhões inicialmente projetados, aproximando-se da marca de R$ 1 bilhão. "O terceiro trimestre confirmou um crescimento muito maior na base de clientes do que no ano passado", justificou o diretor da Net, reforçando a tendência de este ritmo se manter nos meses finais de 2008. Entre julho e setembro, a empresa exibiu um recorde de adições líquidas, considerando o ingresso de assinantes nos serviços de telefonia, TV por assinatura e banda larga. Com a carteira de clientes ganhando corpo, aumentaram também os custos operacionais, que atingiram R$ 460,3 milhões no trimestre, alta de 26% ante período correspondente de 2007.

Em virtude das vendas em volume expressivo, dificilmente a Net conseguirá retomar o nível de 28% de margem Ebitda indicado do ano passado. "Se a gente continuar com crescimento muito acelerado, as despesas com vendas ficarão em patamares elevados, o que pressiona a margem para mais perto de 25%". No terceiro trimestre, a Net registrou 26% de margem Ebitda, patamar que, na avaliação do presidente da companhia, é "considerado adequado para o momento de crescimento acelerado". O mercado trabalhava com uma faixa que ia de 25,90% a 26,70%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.