Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nervosismo por setor financeiro derruba bolsas européias

LONDRES (Reuters) - As bolsas de valores européias caíram nesta terça-feira para o menor nível de fechamento desde maio de 2005, com o aumento do nervosismo de investidores sobre o destino da AIG. Além disso, ações de commodities seguiram a queda acentuada dos preços dos metais e do petróleo. O índice FTSEurofirst 300 caiu 2,55%, para 1.091 pontos, dando sequência à queda de 3,6% de segunda-feira. No ano, o índice acumula desvalorização de 28%.

Reuters |

Os investidores aguardavam a decisão do Federal Reserve sobre a taxa básica de juro dos Estados Unidos, que sai às 15h15 (horário de Brasília).

As ações da seguradora AIG despencaram em Wall Street, após a redução de seus ratings, influenciadas pelas preocupações dos analistas sobre a possibilidade de a instituição pedir proteção contra falência.

Na Europa, os papéis de bancos figuraram entre as maiores perdas, com as ações do UBS recuando 17,2%, as do HBOS 21,7%, as do Royal Bank of Scotland 10,2% e as do Fortis caindo 11,5%.

"A Europa é apenas um resíduo do que está acontecendo nos EUA. Todos os olhos estão na AIG e se ela conseguirá angariar o capital necessário para impedi-la de ir à falência", disse Philip Lawlor, estrategista da Nomura.

Uma queda de 70% no lucro trimestral do banco de investimento norte-americano Goldman Sachs também reforçou as preocupações a respeito da saúde do setor financeiro.

As ações de companhias ligadas à energia caíram, também seguindo o declínio nos preços do petróleo. Os preços mais fracos dos metais colocaram pressão sobre as mineradoras, com as ações de BHP Billiton, Anglo American, Vedanta Resources, Lonmin, Kazakhmys, Xstrata, Antofagasta e Rio Tinto perdendo entre 4,5% e 9,9%.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 3,43%, a 5.025 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 1,63%, para 5.965 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 1,96%, para 4.087 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 2,52%, a 20.461 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou oscilação positiva de 0,11%, a 10.911 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve variação positiva de 0,09%, a 8.103 pontos.

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG