Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Negociações chegam a impasse na Bolívia

SÃO PAULO - As negociações entre o governo do presidente da Bolívia, Evo Morales, e governadores da oposição chegaram a um impasse ontem. De um lado, a oposição rejeitava assinar um acordo prévio, como quer o governo; de outro, La Paz insistia em bater o martelo em um documento inicial.

Valor Online |

Para a equipe de Morales, os opositores estão buscando uma manobra para postergar os entendimentos.

O vice-ministro de Descentralização, Fabián Yaksic, disse que este primeiro acordo teria o objetivo de abrir caminho para a convocação de um referendo para que os eleitores aprovem ou não o novo projeto de Constituição, elaborado pelo governo Morales.

No sábado, Morales disse que esperava que as negociações permitissem a assinatura de um acordo inicial antes da viagem que ele faz hoje a Nova York para a Assembléia da Organização das Nações Unidas. O governo planejava realizar a consulta popular entre dezembro e janeiro.

Opositores criticam vários aspectos do texto do projeto da nova Carta, entre eles o que trata da instituição de autonomia das comunidades indígenas nos departamentos (Estados) bolivianos e o que trata do destino dos impostos arrecadados com a produção e venda de gás natural.

Para outro integrante do governo envolvido nos diálogos, o vice-ministro de Coordenação com Setores Sociais e Sociedade Civil, Sacha Llorenti, a intenção dos governadores é " dilatar o mais possível o processo de diálogo " .

O governador de Tarija, Mario Cossío, reagiu recordando que o prazo acordado inicialmente com o governo é de 30 dias " e não cremos que estejamos em condições para hoje firmar algo que signifique a aprovação às cegas de um texto constitucional " .

Ontem, num tom mais amenos que os negociadores do governo, Cossío afirmou que a intenção dos governadores é seguir negociando e " quem sabe nos dias seguintes possamos concretizar este acordo nacional " .

"(Valor Econômico, com agências internacionais)"

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG