Tamanho do texto

SÃO PAULO - A NEC, gigante japonesa do setor de eletrônicos, planeja eliminar 20 mil vagas no mundo no próximo exercício fiscal, que começa em abril. A empresa espera um prejuízo líquido de 290 bilhões de ienes (US$ 3,2 bilhões) no atual ano fiscal por causa da crise econômica.

Nos 12 meses até março de 2009, a projeção é de vendas de 4,2 trilhões de ienes. Com isso, não alcançará a meta estipulada de 4,6 trilhões de ienes em vendas.

Nos três meses encerrados em dezembro passado, a NEC teve perda líquida de 130,8 bilhões de ienes, mais profunda do que os 5,2 bilhões de ienes perdidos um ano antes.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.