Tamanho do texto

Chegada da tempestade "Bonnie" havia suspendido a operação, que já pode ser retomada no Golfo do México

A plataforma que perfura um poço auxiliar no Golfo do México e os navios que trabalham para conter o óleo que vazou retornarão à área afetada pelo derramamento, depois de uma tempestade tropical que passou pela região ter perdido intensidade.

"A plataforma está retornando", disse hoje Brian Ferguson, um porta-voz da companhia petrolífera BP. "Ela perfurará o primeiro poço auxiliar e é a maior", acrescentou.

O Governo dos EUA ordenou no último dia 22 que os navios e as plataformas que participam da luta contra o vazamento de petróleo no Golfo do México deixassem a região, por causa da chegada da tempestade "Bonnie", que agora perdeu intensidade e se transformou em uma depressão tropical.

Entre as plataformas retiradas estava a que perfura o poço auxiliar considerado a solução definitiva para o problema. Enquanto isso, o poço estragado permanece fechado por uma estrutura de contenção instalada há quase duas semanas.

"A análise determinou que a intensidade da tempestade se reduziu, de modo que ontem à noite foi tomada a decisão de que a plataforma de perfuração retornasse", explicou Ferguson. "Achamos que o fenômeno não representa mais a ameaça de se transformar novamente em uma tempestade tropical", disse Lixion Avila, meteorologista do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.