Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Nasdaq mantém alta, mas Dow Jones segue em baixa

O índice Dow Jones segue em baixa, mas acima da mínima do dia, enquanto o S&P-500 tenta se firmar em território positivo com ajuda do vigor do setor de tecnologia, que levou o Nasdaq a registrar a máxima do dia nesta última hora de sessão. Às 18h38 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 40 pontos, ou 0,51%, o Nasdaq subia 20 pontos, ou 1,40%, e o S&P-500 registrava um ganho de 1 ponto, ou 0,20%.

Agência Estado |

Depois do pior mês de janeiro já registrado, fevereiro começa de forma desigual, com os investidores se preparando para mais resultados corporativos negativos, demissões e fracos indicadores econômicos. "Aconteceu muita coisa na semana passada, lucros, anúncios de projeções de demissões das companhias, números do setor de moradia, indicadores econômicos, anúncios de socorros e nenhum vislumbre de esperança entre eles. Esta semana, antecipamos mais do mesmo", disse Marc Pado, estrategista da Cantor Fitzgerald.

"Com 40% (das empresas componentes) do S&P-500 já tendo divulgado seus resultados e os lucros caindo 35% em comparação com o quarto trimestre do ano anterior, as expectativas são baixas", disse Pado.

Entre as componentes do índice Dow Jones, 3M (-6,02%), Boeing (-4,66%) e P&G (-3,23%) lideram as perdas, enquanto Microsoft (+5,32%) e Intel (+4,03%) se mantêm em alta. No setor financeiro, as ações do Morgan Stanley receberam suporte da reportagem do Wall Street Journal de que o banco vai ampliar as demissões e subiam 2,87%. No setor de varejo, as ações da Macy's caem 3,46% depois de a companhia ter anunciado mais demissões e redução no pagamento de dividendos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG