O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que, num eventual agravamento da crise, o governo não fará cortes nos programas sociais, especialmente no Bolsa-Família. Companheiros, estejam seguros de que, se tiver uma crise mais forte, a gente pode até não aumentar o benefício, mas podem ter certeza de que não haverá crise no mundo que me faça tirar um centavo dos pobres que estão recebendo neste instante no País.

A declaração foi feita na entrega dos prêmios de gestão do Bolsa-Família e de Programas de Segurança Alimentar, promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.