Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Na contramão externa, dólar sobe ante o real

Depois de oscilar entre altas e baixas, o dólar encerrou a sessão de hoje com um avanço em relação ao real, enquanto no mercado internacional a moeda norte-americana aprofundou as perdas ante as principais divisas estrangeiras. Com um fraco volume de negócios, o dólar comercial encerrou com valorização de 0,59%, a R$ 2,379 no mercado interbancário de câmbio, após subir 2,33% a R$ 2,42 na máxima e ceder 0,63% a R$ 2,35, na mínima.

Agência Estado |

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista subiu 0,93%, a R$ 2,387. O volume financeiro caiu 12% em relação ao da última sexta-feira (dia 12), para cerca de US$ 1,36 bilhão. No mercado internacional, o euro subia 2,45% a US$ 1,3677 por volta das 17h30 (de Brasília).

No exterior, a possibilidade das montadoras norte-americanas ganharem acesso a fundos de emergência do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos tirou o dólar das mínimas do dia, mas não neutralizou as perdas. Algumas instituições financeiras de peso foram afetadas pela fraude de US$ 50 bilhões relacionada ao esquema de pirâmide montado pelo ex-presidente da Bolsa eletrônica Nasdaq Bernard Madoff, um dos mais renomados gestores de fundos de Wall Street. Algumas dessas instituições divulgaram suas exposições ao esquema, como a do banco espanhol Santander, que supera US$ 3 bilhões.
A crise financeira internacional reforça a expectativa do mercado sobre a reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) amanhã. A maioria dos analistas prevê um corte de 0,5 ponto porcentual, para 0,5% ao ano, na taxa básica de juros norte-americana.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG