F - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Na ausência de indicadores, DIs operam praticamente estáveis na BM F

SÃO PAULO - Depois do ajuste de baixa da sessão de ontem, estimulada pela queda de 12,4% na produção industrial de dezembro, a ausência de indicadores relevantes na agente do dia deixa os contratos de juros futuros oscilando próximo da estabilidade na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F). Minutos atrás, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento para janeiro de 2010 operava estável a 10,97%. Já o contrato para janeiro 2011 tinha desvalorização de 0,03 ponto, a 11,382.

Valor Online |

E janeiro 2012 apontava 11,63%, queda de 0,02 ponto.

Na ponta curta, o DI para março de 2009 perdia 0,01 ponto, a 12,63%. Abril de 2009 registrava estabilidade a 12,31%. E julho de 2009 subia 0,01 ponto, para 11,59% ao ano.

Segundo o diretor de gestão da Meta Asset Management, Henrique de La Rocque, a curva opera próximo da estabilidade e deve continuar assim, pois as possíveis atuações do Banco Central (BC) quanto à condução da política monetária já estão bem precificadas.

O especialista aponta que a curva embute mais duas reduções de 1 ponto percentual na taxa Selic e isso deve mesmo acontecer. Agora, apostar que o ciclo de afrouxamento monetário vai muito além disso é assumir um risco que não compensa o retorno.

Segundo de La Rocque, o que pode levar os vencimentos mais para baixo é o início de apostas de corte maior do que 1 ponto percentual em março. Mas o especialista descarta tal possibilidade considerando o cenário atual.

O diretor também avalia que a curva de juros só precifica decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) até o vencimento janeiro de 2010. Além desse ponto, os contratos viram um ativo financeiro qualquer que exigem um maior prêmio de risco, por isso o formato em " V " da curva, com vértice justamente no janeiro 2010.

Na gestão da dívida, o Tesouro Nacional realiza a segunda etapa do leilão de Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-B), que acontece por meio da troca de títulos. Também acontece resgate antecipado de NTN-Bs e leilão de troca de Letras do Tesouro Nacional (LTN) e Letras Financeiras do Tesouro (LFT).

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG