Um dos grandes museus britânicos, o Victoria and Albert (V&A), comprou em um leilão nos Estados Unidos a logomarca Lábios e Língua usada pelos Rolling Stones desde os anos 70, anunciou nesta terça-feira o museu em Londres.

"Lábios e Língua", um dos ícones mais conhecidos do rock mundial, foi leiloado nesta terça-feira de madrugada por 92.500 dólares (63.800 euros) em uma casa de leilões, a Mastro Auctons, com sede em Chicago.

A logomarca foi criada em 1970 por John Pasche, um estudante da Escola de Artes de Londres, que se inspirou nos lábios "sensuais" do próprio Mick Jagger, indicou o museu em um comunicado.

O desenho, pelo qual Pasche recebeu 50 libras (cerca de 65 euros, 90 dólares), foi usado pela primeira vez pela banda em 1971, em seu primeiro álbum, "Sticky Fingers".

The Art Fund, uma organização britânica independente criada para promover a arte, contribuiu com a metade do preço pago no leilão pela logomarca, que vai fazer parte da coleção permanente do museu, indicou o V&A.

Esse desenho é "uma das logomarcas mais visualmente dinâmicas" da história, destacou David Barrie, diretor do The Art Fund, que explicou assim a sua contribuição para a compra.

De acordo com o museu, Pasche trabalhou com os Rolling Stones até 1974, e depois para outras lendas do rock como Paul McCartney e The Who.

bur/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.