Tamanho do texto

O planeta Terra contará com 4 bilhões de telefones móveis antes do final do ano, ou seja, um índice de penetração celular de 61%, de acordo com as últimas estimativas da União Internacional de Telecomunicações (UIT), divulgadas nesta sexta-feira.

"Desde o início do século, o crescimento do número de donos de telefones móveis é muito impressionante, com um avanço anual de 24% entre 2000 e 2008", informou um porta-voz da UIT.

O ano de 2008 representou um salto considerável em relação ao final de 2007, quando havia 3,3 bilhões de celulares, em parte devido ao grande desenvolvimento dos mercados emergentes, em particular os de Brasil, China, Índia e Rússia.

"Essas economias devem contar, sozinhas, com mais de 1,3 bilhão de telefones antes do fim do ano", segundo a UIT.

"A China superou os 600 milhões de aparelhos durante o ano, tornando-se, de longe, o mercado mais importante de celulares", acrescentou o porta-voz.

A Índia também tem um "forte potencial", de acordo com a UIT, com 296 milhões de celulares no final de julho e uma penetração celular de apenas 20%.

A UIT sustenta que a liberalização do mercado teve um papel importante na propagação de telefones celulares no mundo por ter barateado seu preço.

Por último, a organização destaca que o alto número de telefones não significa que mais de uma pessoa em cada duas tenha um aparelho, pois muitos consumidores dos países desenvolvidos possuem vários.

at/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.