Dono do segundo maior rebanho de gado bovino do País, o Estado de Mato Grosso do Sul poderá voltar a ser um grande exportador de carne. As exportações foram quase completamente suspensas no fim de 2005, após a descoberta de focos de febre aftosa no sul do Estado.

Ontem, após três anos de negociações, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) voltou a classificar o Estado como área livre de febre aftosa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.