Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

MS vai voltar a vender carne in natura para UE

Brasília - O Ministério da Agricultura informou hoje que Mato Grosso do Sul recebeu autorização para voltar a exportar carne bovina in natura para a União Européia (UE). A decisão foi anunciada hoje pela Diretoria-Geral para Saúde e Consumidores da União Européia (DG-Sanco).

Agência Estado |

Mato Grosso e Minas Gerais também estão integralmente habilitados. Antes, as regiões norte e sul mato-grossenses e 287 municípios mineiros não estavam habilitados para o comércio com os europeus.

Em nota, o ministério informou que o próximo passo será a publicação dessa confirmação no jornal oficial da UE, o que deverá acontecer em até quatro semanas. Com isso, mais 39,8 milhões de bovinos serão somados ao rebanho apto a ser vendido in natura aos europeus, desde que procedam de Estabelecimentos Rurais Aprovados no Sisbov (Eras).

Atualmente, são 364 os estabelecimentos certificados no Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. "Agora, serão aproximadamente 126,8 milhões de animais, formando a base do rebanho de onde pode ser exportada carne bovina para aquele mercado", informou, por meio da assessoria de imprensa da pasta, o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz.

A habilitação de Eras para o comércio com a UE tem aumentado significativamente a cada mês. Esse incremento é resultado da intensificação das auditorias realizadas pelo Ministério da Agricultura, em conjunto com serviços estaduais de Defesa Agropecuária, no sistema de certificação dessas propriedades rurais.

Há cinco meses, a Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) vem acertando os detalhes técnicos com a União Européia para a inclusão de Mato Grosso do Sul, e das outras áreas de Mato Grosso e Minas Gerais. O último encontro oficial ocorreu na quinta-feira da semana passada (dia 25), entre o secretário Inácio Kroetz e autoridades da DG-Sanco, em Bruxelas, na Bélgica.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG