SÃO PAULO - A MPX Energia, do Grupo EBX, identificou recursos potenciais de 1,74 bilhão de toneladas de carvão mineral na Colômbia depois sondagens realizadas até o mês passado. O sucesso obtido até o momento na campanha de exploração, aliado à aquisição de site estratégico para a implantação de um porto próprio, assegura o desenvolvimento de um sistema integrado com capacidade de produção de 20 milhões de toneladas por ano (Mtpa), declarou a empresa em nota.

Conforme o plano de negócios da MPX Colômbia, a empresa contará com três minas a céu aberto, em Cañaverales, Papayal e San Benito, bem como com mineração subterrânea em San Juan.

A estimativa é de início em produção em 2012, com previsão de alcançar 15 milhões de toneladas anuais em 2021, com os recursos já identificados. Existe a possibilidade de chegar a 20 Mtpa com a ampliação da exploração de novas áreas.

A subsidiária colombiana da MPX tem porto próprio, a 150 km das minas, com previsão de entrar em operação ao fim de 2013. Até lá, a produção será escoada pela estrutura portuária existente, em Santa Marta ou Ciénaga.

"A solução logística prevê duas fases distintas. A primeira, utilizando transporte rodoviário, possibilitará atingir 7 Mtpa em 2015. A partir de 2016, está prevista a entrada em operação de ferrovia dedicada, que possibilitará o atingimento da capacidade máxima planejada de 20 Mtpa", indicou a MPX.

(Juliana Cardoso | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.