Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Moscou afirma que G20 deve criar nova arquitetura financeira

As atuais estruturas de regulação financeira estão superadas e cabe ao G20 assumir a refundação do sistema financeiro mundial, disse neste sábado em Washignton o assessor econômico do presidente russo, Arkadi Dvorkovitch.

AFP |

"As estruturas atuais de regulação financeira e segurança mundial já não funcionam, e são necessárias novas idéias e estruturas que respondam às atuais exigências", declarou Dvorkovitch após a cúpula do G20 na capital americana.

"O G20 deve ser o coordenador da reforma da arquitetura financeira mundial. Ao mesmo tempo, os outros formatos, principalmente o G8, devem se voltar para questões de segurança mundial", continuou.

A Rússia defende uma maior participação nas grandes decisões econômicas mundiais de países emergentes como China, Índia e Brasil, representados no G20.

"É indispensável reformar a arquitetura financeira mundial para torná-la mais aberta, justa, eficaz e legítima", estimou o assessor, resumindo a intervenção do presidente Dimitri Medvedev na cúpula.

O presidente russo propôs a criação de uma "comissão internacional de especialistas financeiros independentes reconhecidos, de gurus financeiros", que elaborariam as reformas - cujos princípios devem ser "fixados em acordos internacionais".

Moscou, que acusa os Estados Unidos de serem responsáveis pelos males dos merados financeiros mundiais que se propagam para a economia real, defende uma profunda transformação das organizações financeiras internacionais, além da criação de centros financeiros regionais e uma maior quantidade de moedas regionais.

uh/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG