SÃO PAULO - O escritor russo Alexander Soljenitsin morreu na noite de ontem aos 89 anos. Soljenitsin faleceu por uma insuficiência cardíaca aguda , às 23h45 de Moscou (16h45, em Brasília), disse o filho do escritor, Stepan.

Alexander Soljenitsin revelou ao mundo a realidade do sistema soviético de campos de trabalhos forçados em livros como O Primeiro Círculo e Arquipélago Gulag . Prêmio Nobel de Literatura em 1970, o autor perdeu a nacionalidade soviética em 1974 e foi expulso da URSS.

Soljenitsin viveu então na Alemanha, na Suíça e nos Estados Unidos, antes de voltar à Rússia em 1994, após o fim da União Soviética.

Ao final de minha vida, espero que o material histórico que recolhi entre na consciência e na memória de meus compatriotas , disse Soljenitsin em 2007. Nossa amarga experiência nacional contribuirá, no caso de novas condições sociais instáveis, para nos prevenir contra outros fracassos , disse ele.

(Valor Econômico)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.