SÃO PAULO - O Goldman Sachs e o Morgan Stanley deixam de imediato o modelo de banco de investimentos e viram holdings, o que abre a possibilidade de as instituições captarem depósitos. A informação foi passada nesta segunda-feira pelo Federal Reserve (Fed).

Um dia antes, quando aceitou as requisições dos bancos para a mudança de status, o Fed havia explicado em nota que essas alterações tinham um prazo de espera de cinco dias devido a questões antitruste. Hoje, ele revogou esse intervalo.

Com a modificação do modelo, o Goldman Sachs e o Morgan Stanley concordaram em ser supervisionados pelo Fed e passarão a ter acesso à janela de crédito do banco central dos EUA. Como bancos de investimentos, eles não podiam obter empréstimos emergenciais da autoridade monetária americana.

"(Valor Online, com agências internacionais)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.