Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Morales exige que petrolífera franco-belga invista na Bolívia

La Paz, 18 fev (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou hoje que exigiu que a empresa franco-belga TotalFinaElf cumpra seus compromissos de realizar investimento no país, pois, caso contrário, o Estado tomará decisões para fazer essas aplicações.

EFE |

Em entrevista coletiva, Morales disse que, em sua recente viagem à França, se reuniu com os principais executivos da empresa para pedir que "acelerem" seus investimentos na Bolívia cumprindo os contratos assinados com o Governo.

"Exigimos o investimento imediato", ressaltou o presidente, ao destacar que, se a empresa não tem "vontade" de fazer isso, então a "Bolívia tem todo o direito de tomar decisões para investir", porque não quer ser prejudicada.

A Total é uma das principais petrolíferas presentes na Bolívia e é sócia da estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), da Petrobras e da hispânico-argentina Repsol YPF nos campos mais ricos em gás do país.

O Governo Morales reivindicou várias vezes às petrolíferas estrangeiras que concretizem o desenvolvimento de novos projetos para aumentar a capacidade de produção do gás do país, que se encontra no limite e com problemas para atender aos mercados do Brasil e da Argentina. EFE ja/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG