Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Montadoras européias pedirão ajuda de US$ 51 bi à UE

As fabricantes de veículos européias pedirão 40 bilhões de euros (US$ 51,3 bilhões) à União Européia para que possam enfrentar a crise econômica e a queda da demanda, disse o presidente da Associação Européia de Fabricantes de Automóveis (Acea, na sigla em inglês), Christian Streiff. Esta é uma de nossas metas, disse Streiff, que também é executivo-chefe da PSA Peugeot Citroën, à agência Dow Jones, minutos antes de uma reunião hoje pela manhã com o comissário de empreendimentos e indústria da UE, Gunter Verheugen.

Agência Estado |

As fabricantes européias disseram no início deste mês que tentariam obter um pacote de empréstimos a taxas de juros baixas para ajudar a garantir um mercado sustentável para as tecnologias eficientes no uso de combustível.

O setor automobilístico europeu tem afirmado que precisa da ajuda para equiparar-se a uma decisão semelhante tomada pelos EUA no mês passado. O Congresso dos EUA aprovou empréstimos de US$ 25 bilhões para ajudar a General Motors, Ford Motor e a Chrysler a desenvolverem veículos mais eficientes no uso de combustível. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG