Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Montadora sul-coreana Ssangyong pede moratória Valor Online

SÃO PAULO - Unidade sul-coreana da Xangai Automotive Industry, a montadora Ssangyong Motor, quinta maior do país asiático, informou nesta sexta-feira que entrou com pedido de moratória em uma corte de falências de Seul. A solicitação veio após o fracasso nas negociações para sanear o caixa da empresa.

Valor Online |

O presidente da companhia, Choi Hyung-tak, deixará o cargo.

Pelas leis da corte sul-coreana, o pedido de moratória é o primeiro passo para a falência. O tribunal irá decidir se e como vai salvar a companhia, que viu o caixa se esvair em meio à queda nas vendas e está sem condições de pagar salários e empréstimos.

Ainda não está claro se a corte irá aprovar um procedimento para salvar a montadora da liquidação. No caso de o tribunal determinar à companhia que peça falência, a Ssangyong se tornará a primeira grande empresa sul-coreana a sucumbir diante da atual crise financeira.

Ainda pouco conhecida no Brasil - as vendas não passaram de 2 mil unidades no ano passado -, a marca sul-coreana, que em português quer dizer "dragões gêmeos", prometia crescer por aqui. Em novembro, empresários responsáveis pela importação dos veículos Ssangyong informaram a intenção de ampliar o número de modelos trazidos para cá, com vistas a elevar as vendas domésticas para cerca de 6 mil unidades em 2009. Manifestaram, ainda, o interesse futuro de iniciar a fabricação local dos veículos Ssangyong.

Procurada pelo Valor Online, a assessoria de imprensa dos importadores informou que os executivos estão em viagem à Coréia do Sul e que só retornam na próxima semana.

(Murillo Camarotto | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG