Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Monarquias petroleiras do Golfo se reúnem para discutir crise financeira

Os ministros de Economia e os diretores dos bancos centrais das seis monarquias árabes do Golfo iniciaram neste sábado em Riad uma reunião extraordinária sobre as conseqüências da crise financeira internacional em seus países.

AFP |

A reunião será realizada a portas fechadas, anunciou o ministro da Economia do Qatar, Yussef Hussein Kamal.

Os participantes discutirão "os mecanismos de coordenação e de cooperação entre os países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) para proteger suas economias dos efeitos da crise financeira mundial", declarou o secretário-geral do CCG, Abderrahman Al Attiya, em um comunicado à imprensa.

"Os países membros decidiram manter a reunião para chegar a um consenso sobre a crise financeira internacional", indicou Al Attiya à AFP.

A reunião acontece três semanas antes da cúpula mundial do G20, da qual participará a Arábia Saudita, marcada para o dia 15 de novembro em Washington com o objetivo de analisar a situação econômica mundial.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos países membros do CCG (Qatar, Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Barein e Omã) dependem em grande parte do petróleo, cujo preço despencou nas últimas semanas - e continuou em queda na sexta-feira, apesar do corte de 1,5 milhão de barris diários anunciado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) após uma reunião de emergência em Viena.

sn/ap

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG