Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mônaco não quer comentar declarações de Sarkozy sobre paraísos fiscais

0 governo de Mônaco não quis comentar nesta sexta-feira as declarações feitas na véspera pelo presidente da França, Nicolas Sarkozy, segundo as quais pretende reexaminar as relações entre seu país e o principado, considerado pela OCDE como um paraíso fiscal.

AFP |

"Não temos comentários a fazer", limitou-se a declarar à AFP uma fonte do governo monegasco.

Ao se referir ao tema dos paraísos fiscais quinta-feira à noite durante uma entrevista na televisão, Sarkozy expressou o desejo de reexaminar as relações da França com Andorra e Mônaco.

"Pretendo reexaminar nossas relações com Andorra e Mônaco, que além disso não é um paraíso fiscal mas há coisas que têm de ser especificadas", declarou Sarkozy.

Entretanto, de acordo com a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o principado é, de fato, um paraíso fiscal.

Mônaco está há vários anos na lista dos paraísos fiscais não cooperativos estabelecida pela OCDE, ao lado de Andorra e do Liechtenstein.

Muitos estrangeiros vêm morar em Mônaco para se beneficiarem da "fiscalização suave" existente no principado, onde não há imposto de renda nem imposto sobre o capital.

No entanto, os cidadãos franceses não contam com estas condições favoráveis. Em virtude de uma convenção especial concluída entre os dois Estados, eles são submetidos à fiscalização francesa.

hec/yw/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG