Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Modelo para o pré-sal será definido após eleições

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o governo deixou para depois das eleições municipais a definição sobre o modelo de exploração de petróleo para a área pré-sal. Lula disse que a comissão interministerial que discute o tema já levou propostas à sua mesa, mas acrescentou que o assunto voltará a ser debatido após este domingo.

Agência Estado |

"Deixamos isso para depois das eleições", disse, após participar de carreata em São Bernardo do Campo ao lado do candidato do PT à prefeitura da cidade, Luiz Marinho.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, já havia afirmado, durante esta semana, que qualquer definição a respeito do novo modelo para o setor de petróleo seria divulgada apenas depois das eleições. A proposta de criação de uma nova empresa estatal para administrar os recursos do pré-sal é dada como certa na elaboração do novo modelo exploratório que será proposto. Membros do governo também vêm indicando que os atuais contratos serão mantidos.

Lula informou que participará, na próxima terça-feira, da inauguração da plataforma P-51, no campo de Marlim Sul, na Bacia de Campos. "Para mim, a P-51 é muito simbólica, porque é a demonstração do fracasso daqueles que não acreditavam no Brasil", disse, referindo-se ao elevado índice de componentes nacionais na fabricação da plataforma. "Vamos inaugurar a P-51 com 75% de componentes e força de trabalho nacional", comemorou.

A P-51 deve começar a operar com uma produção diária de 180 mil barris de óleo pesado. O pico de produção da plataforma está previsto para 2013 e deve ser de 287 mil barris por dia.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG