Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Moagem de cana no centro-sul do país cresce 8,66%--Unica

SÃO PAULO (Reuters) - A moagem de cana no centro-sul do Brasil na safra 2008/09 atingiu 282,4 milhões de toneladas até o final de agosto, aumento de 8,66 por cento em relação ao volume processado no mesmo período do ano passado (259,9 milhões de toneladas), informou nesta quinta-feira a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica). As condições climáticas da região... favoreceram a colheita na segunda quinzena de agosto. Com isso, as unidades produtoras voltaram a moer cana em plena capacidade, afirmou a Unica em um comunicado, lembrando que na primeira quinzena do mês passado as chuvas prejudicaram o processamento da produção, obrigando as empresas a operarem abaixo da capacidade.

Reuters |

De acordo com a entidade, a melhora nas condições permitiu que a quantidade de cana esmagada na segunda quinzena de agosto --38,3 milhões de toneladas-- superasse em 28,78 por cento o volume da primeira quinzena do mesmo mês.

O tempo favorável também favoreceu o aumento da concentração da quantidade de açúcares por tonelada de cana, que na segunda quinzena do mês ficou em 152,29 kg, 1,12 por cento acima do resultado obtido na mesma quinzena da safra 2007/08.

No primeiro terço da safra, o tempo úmido havia prejudicado a concentração de açúcares.

O processamento de cana nesta temporada na região, a principal produtora do país, foi estimado no início de setembro em 487,5 milhões de toneladas, ante 431,2 milhões de toneladas de cana moída em 2007/08.

Apesar do crescimento da safra, até o final de agosto as usinas do centro-sul tinham produzido 14,8 milhões de toneladas de açúcar, queda em relação às 15,5 milhões de toneladas registradas no mesmo período, com o setor destinando um maior volume da matéria-prima para a produção de etanol, produto atualmente mais rentável.

Já o volume de etanol superou, até o final de agosto, o produzido na safra anterior em 14,54 por cento, para 13,3 bilhões de litros, com um incremento mais acentuado (de 23,76 por cento) na produção do etanol hidratado, para 8,8 bilhões de litros.

EXPORTAÇÃO

As exportações no mesmo período atingiram 2,4 bilhões de litros, 59,32 por cento superiores à safra passada nesta época.

Do volume total destinado ao mercado externo, 55 por cento foi de etanol anidro e 45 por cento de hidratado, com os Estados Unidos absorvendo 68 por cento das vendas externas.

A Unica informou ainda que das 32 unidades previstas para iniciar moagem nesta safra, 20 já produziam na primeira quinzena de setembro, depois de um atraso no início das operações dessas unidades que também colaborou para o fato de a entidade ter reduzido sua expectativa de moagem de cana nesta safra.

Outras nove unidades deverão começar as operações a partir da segunda quinzena, ressaltou a entidade, enquanto três unidades postergaram o começo das atividades para a próxima safra (2009/2010).

(Texto de Roberto Samora)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG