SÃO PAULO - Em comunicado ao mercado, a MMX Mineração e Metálicos informou hoje ter vencido concorrência promovida pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) para uso de serviços portuários no terminal de carga do porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro. Segundo a MMX, os serviços serão dedicados ao embarque do minério de ferro produzido no chamado Sistema Sudeste da empresa. O contrato, válido por três anos contados a partir de janeiro de 2009, prevê embarques de 5,2 milhões de toneladas de minério até 2011.

A remuneração a ser paga à CSN será fixada por tonelada de minério embarcado e poderá ser revisada em 2010 e 2011, de acordo com a variação do preço da commodity.

Apesar do clima de incertezas no setor, a MMX acredita que poderá exportar todos os volumes previamente compromissados, em razão da "necessidade por parte dos grandes consumidores internacionais, de minério de ferro com qualidade diferenciada para melhor performance de seus produtos e otimização de suas atividades industriais".

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.