Tamanho do texto

SÃO PAULO - A MMX Mineração e Metálicos esclareceu hoje que a queda de 95,5% em seu valor de mercado, verificada entre os últimos pregões de 2007 e 2008, reflete em grande parte a venda dos sistemas Amapá e Minas-Rio para a Anglo American. Os ativos foram negociados em julho do ano passado por US$ 5,5 bilhões, valor que foi embolsado pelos acionistas da MMX.

"O valor menor no fim do exercício do ano passado, embora influenciado pela queda geral de valor de mercado, não refletiu apenas este efeito da crise internacional nas bolsas, mas principalmente a alienação dos dois ativos", explicou em nota a MMX.

A mineradora foi incluída hoje em uma lista, elaborada pela consultoria Economatica, de 45 empresas abertas brasileiras que perderam mais de 80% do seu valor de mercado ao longo de 2008.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.