Tóquio - A Mitsubishi Motors pode registrar no ano fiscal de 2008, que termina em março, uma perda líquida de perto de 20 bilhões de ienes (US$ 223 milhões de dólares), no que seria a primeira vez em três anos que a empresa fecharia um exercício com prejuízo, informou hoje o jornal local Nikkei.

A possível perda deste ano fiscal contrasta com o lucro líquido que a montadora registrou em 2007, que chegou a 34,7 bilhões de ienes (US$ 387 milhões).

As previsões apontam que o prejuízo da Mitsubishi pode ser ainda maior caso as vendas entre janeiro e março caiam abaixo do previsto.

Devido à crise, a fabricante já foi obrigada a se desfazer de 300 de seus 1.600 empregados da fábrica de Illinois, nos Estados Unidos, através de programas de aposentadorias antecipadas voluntárias.

A Mitsubishi projeta também cortar a capacidade produtiva de sua fábrica russa, que será capaz de fabricar 160 mil veículos anuais em 2011, quando estará em pleno funcionamento.

Leia mais sobre: Mitisubishi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.