A Mitsubishi do Brasil vai promover a primeira grande ampliação da fábrica de Catalão (GO) desde sua inauguração, em 1998. O grupo liderado pelo empresário brasileiro Eduardo de Souza Ramos vai investir R$ 800 milhões até 2015 para dobrar a capacidade da linha de montagem e produzir dois novos veículos.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561787468&_c_=MiGComponente_C

O valor é quase o mesmo gasto nos últimos 12 anos, que somou R$ 800 milhões, sempre com recursos próprios.

O primeiro projeto é do utilitário-esportivo Pajero Dakar, hoje importado do Japão, e que será nacionalizado a partir do primeiro semestre de 2011. O modelo custa R$ 140 mil. O segundo, para o fim de 2012, é um automóvel da linha Lancer, provavelmente um sedã, marcando a entrada da empresa brasileira no segmento de carros de passeio. Até agora, a fábrica local atuou apenas no segmento de utilitários e picapes.

Souza Ramos informa que definirá o tipo do carro até o fim do ano. Antes, porém, iniciará a importação de modelos da linha Lancer e um deles será o escolhido. O novo carro deverá disputar mercado com os também japoneses Honda Civic e Toyota Corolla. Não está nos planos da Mitsubishi, por enquanto, produzir um carro compacto no Brasil. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: Mitsubishi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.